Saques do PIS/Pasep colocarão R$ 34,3 bilhões na economia » Cármen Lúcia assume presidência da República » Raimundo Lira anuncia saída da vida política » João Pessoa vai sediar Feira Internacional de Economia Criativa 2018 » Exército faz licitação para comprar 2 toneladas de camarão, caviar e espumante » TCE autoriza Câmara de Cabedelo cortar salário de vereadores afastados » TJPB condena empresa a pagar indenização por danos morais a espólio de Sivuca »


Estádio da Graça é liberado para sediar jogos do Paraibano 2013

O Estádio Leonardo Vinagre da Silveira, o Estádio da Graça, administrado pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), está com tudo pronto para sediar o jogo de abertura do Campeonato Paraibano de Futebol 2013, que ocorre neste domingo (6), entre Botafogo e CSP. Em reunião na manhã desta sexta-feira (4), o Ministério Público da Paraíba se reuniu com a Federação Paraibana de Futebol para avaliar os sete estádios que sediarão jogos, e o da Graça foi aprovado.

O promotor dos Direitos do Cidadão, Valberto Lira, foi quem presidiu a reunião e, na liberação do estádio, considerou a aprovação de laudos de engenharia, vigilância sanitária, segurança e prevenção e combate a incêndio. O prazo de validade dos laudos é de um ano.

Também foi aprovado por precaução um público máximo de 3.500 torcedores, embora sua capacidade seja de 4.636 espectadores.

De acordo com o secretário de Juventude, Esporte e Recreação, Sérgio Meira, apesar de o estádio estar em condições de sediar partidas, a PMJP está trabalhando em melhorias para o equipamento.

“Estamos instalando catracas já para este jogo de domingo, mas posteriormente vamos instalar um sistema de som para orientar os torcedores, caso necessário. Também vamos aumentar o guarda-corpo da escada de acesso à cabine de imprensa, elevando-o a uma altura de 1,10 metro”, explicou o secretário.

Outras ações que serão feitas pela PMJP são:

·        Finalização do projeto de combate à incêndio, a exemplo do sistema de hidrante;
·        Manutenção dos espelhos das tomadas da tribuna;
·        Sistema de iluminação de emergência para toda a edificação;
·        Adquirir gerador de emergência;
·        Instalação de obstáculo (faixa contínua amarela e preta com largura mínima de 100 mm, constituídas de listras inclinadas a 45º) no ponto de risco de choque com a cabeça dos torcedores da saída da cabine, que tem altura de 1,86 metro.
 

Adicionar comentário

É importante salientar que as opiniões expressas não representam a opinião do nosso portal nem de seus organizadores.


Código de segurança
Atualizar

Soluções em Informática!