Parlamento da Venezuela oferece novas garantias a militares para abandonar Maduro » Aprender a pescar e caçar, a saída de venezuelanos para se alimentar » Poderes têm que respeitar as decisões uns dos outros, diz Maia » Carrefour terá que pagar R$ 1 milhão de indenização após morte da cachorra Manchinha » Venezuela: mais de 600 são detidos por denúncias de saques no comércio » Homem degola 5 membros da família e se enforca na Bolívia » Americano é condenado a 10 anos de prisão no Irã »


Total de mortos em incêndio em shopping na Sibéria sobe para 64

Resultado de imagem para Total de mortos em incêndio em shopping na Sibéria sobe para 64O número de mortos no incêndio registrado neste domingo (25) em um shopping da cidade russa de Kemerovo, na Sibéria, subiu para 64, informou nesta segunda-feira (26) o ministro para Situações de Emergência da Rússia, Vladimir Puchkov.

"Continuamos as operações de busca. Há desaparecidos", disse à imprensa Puchkov, que foi até o local do incêndio e indicou que os bombeiros e socorristas trabalham arriscando suas vidas, já que a estrutura do shopping ficou muito danificada pelo fogo. As informações são da agência de notícias EFE.

A porta-voz do Comitê de Instrução da Rússia (CIR), Svetlana Petrenko, informou a detenção de quatro pessoas no inquérito aberto em relação ao acidente.

Entre os detidos estão o arrendatário do local onde se originou o fogo e o diretor-geral da Zimnaya Vishnia, sociedade administradora do shopping.

Nos hospitais de Kemerovo continuam internadas 11 pessoas, e outras 36 receberam atendimento ambulatorial.

O fogo se originou em um dos cinemas situados no quarto e último andares do shopping, e de lá se propagou por todo o edifício. Em vídeos gravados por testemunhas ontem à noite, era possível ver visitantes do shopping saltarem pelas janelas para fugir do fogo.

De acordo com investigações preliminares, o alarme de incêndio não foi ativado, por isso as pessoas que estavam no shopping só perceberam o fogo quando uma fumaça densa tomou conta do prédio.

Os bombeiros lutaram por mais de seis horas para controlar as chamas, que afetaram uma área de 1.500 metros quadrados, mas durante esta manhã o incêndio voltou a ficar ativo.

Agência Brasil

 

Adicionar comentário

É importante salientar que as opiniões expressas não representam a opinião do nosso portal nem de seus organizadores.


Código de segurança
Atualizar

Soluções em Informática!