PT gasta R$ 1,5 milhão com advogados de defesa de Lula, diz jornal » China anuncia retaliação e vai impor sobretaxa a mais de 5 mil produtos » Justiça eleitoral concede direito de resposta a Bolsonaro » “É lamentável ver a mudança de discurso do deputado federal Veneziano", diz Daniella Ribeiro » José Maranhão e João Azevedo estão tecnicamente empatados no segundo turno » Fugitivos do presídio do PB1 são incluídos na lista da Interpol pela Polícia Federal » Senac inscreve para 2,8 mil vagas em cursos em quatro cidades da Paraíba »


Veneziano afirma que filiação ao PSB é continuidade de uma parceria firmada em 2004

Resultado de imagem para veneziano vitalDurante entrevista na Rádio Arapuan FM, na tarde desta segunda-feira, 16, o deputado federal e pré-candidato ao Senado, Veneziano Vital do Rêgo (PSB), respondeu perguntas relacionadas ao seu recente ingresso ao Partido Socialista e afirmou que foi muito bem recepcionado e que o objetivo é mostrar aos paraibanos um projeto que está dando certo, referindo-se ao Governo Ricardo Coutinho. Ele também aproveitou para agradecer o apoio do PMN presidido pela jornalista Lídia Moura, ao seu projeto e de João Azevêdo a governador.

Aos jornalistas, Veneziano disse que não vai se apequenar no debate sobre seu voto em relação à Presidente Dilma: “Recebo gestos de conforto e carinho no PSB e no Partido dos Trabalhadores, até porque, o PT esteve no meu Governo quando fui prefeito de Campina Grande por 7 anos e meio (desde 2005) e nas quatro oportunidades em que votei em Lula e Dilma”, referindo-se à aliança do PT.

“O governador sabe do nosso trabalho, tanto é que fez esse convite para compor a chapa majoritária desde janeiro deste ano”, lembrou Veneziano. Vené aproveitou a ocasião para informar que votou quatro vezes no PT, notadamente em Lula. “Fui coerente no meu voto na Câmara Federal. Votei pela continuidade da investigação contra Dilma e também contra o Presidente Temer. Nós deputados federais não tratamos do impeachment da Presidente. Esse tema foi definido pelo Senado Federal”, pontuou o candidato ao Senado.

Veneziano lembrou que após o voto em relação ao Presidente Temer, votou contra a Terceirização, a Reforma Trabalhista e tem se posicionado também contrário à Reforma da Previdência da forma como está sendo proposta.

O parlamentar também aproveitou para a agradecer o apoio do PMN ao seu projeto e de João Azevêdo e afirmou que vai retribuir esse gesto com muito trabalho e dedicação.

Com informações do Paraíba Já

 

 

Adicionar comentário

É importante salientar que as opiniões expressas não representam a opinião do nosso portal nem de seus organizadores.


Código de segurança
Atualizar

Soluções em Informática!