Ricardo Coutinho não pensa em eleições e diz que voltará a trabalhar na UFPB » Polícia prende suspeita de furtar R$ 600 mil em jóias » Bolsonaro chama de ‘analfabeto’ quem critica seu plano de governo » Justiça determina cumprimento de horários e aumento de frota de ônibus da Capital » Comitê da ONU pede que Lula participe de eleição » Dia D de vacinação contra pólio e sarampo será neste sábado » Identificado pterossauro raro que viveu há 200 milhões de anos »


Dois ônibus são queimados em 4º dia de ataque em MG

Mais dois ônibus foram queimados na madrugada desta quarta-feira (6), em Minas Gerais no quarto dia consecutivo de ataques no estado. Segundo a Polícia Militar, os incêndios de hoje ocorreram em Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana. Um dos veículos era de linha, o outro, de turismo. Ninguém ficou ferido.

Até a manhã desta quarta-feira, mais de 50 ônibus tinham sido queimados ou depredados em Minas. As ocorrências em Neves são semelhantes às verificadas nos dias anteriores. Os criminosos param os ônibus, geralmente de madrugada, os motoristas são rendidos e retirados e os veículos são incendiados.

Os incêndios da madrugada desta quarta acontecem um dia após o governador do estado, Fernando Pimentel (PT), afirmar que os ataques a coletivos e prédios públicos em Minas estão ocorrendo em retaliação a um suposto rigor do funcionamento do sistema prisional e à existência de bloqueadores de celular em penitenciárias. Ele também admitiu que os ataques foram ordenados por uma facção criminosa, mas não especificou qual. Na segunda-feira, 4, o Estado mostrou que investigadores da polícia tinham a informação de que os ataques foram feitos a mando do Primeiro Comando da Capital (PCC).

Estadão

 

 

Adicionar comentário

É importante salientar que as opiniões expressas não representam a opinião do nosso portal nem de seus organizadores.


Código de segurança
Atualizar

Soluções em Informática!