Legalização da maconha representa desafios à saúde e à segurança no Canadá » Venezuela denuncia bloqueio de importações de bens básicos pelos EUA » Jornalista saudita foi morto na presença de cônsul-geral, diz mídia turca » Shoppings Centers de João Pessoa poderão ser proibidos de cobrar taxa de estacionamento » Astrônomos descobrem planetas anômalos com comportamentos inexplicáveis » SUS vai oferecer novo medicamento contra hepatite C » Dólar cai abaixo de R$ 3,70 com otimismo ampliado após pesquisa Ibope »


Genro é preso acusado de mandar matar empresário em João Pessoa no ano passado

Genro é preso acusado de mandar matar empresário em João Pessoa no ano passadoO genro do engenheiro Arnóbio Ferreira Nunes, assassinado em novembro de 2017, foi preso nesta quinta-feira (7), em João Pessoa, suspeito de mandar matar o empresário. De acordo com o delegado Aldrovilli Grisi, a prisão de Antônio Cícero aconteceu durante a Operação Esporgo, da Polícia Civil.

Arnóbio Ferreira Nunes foi morto após ser baleado quando chegava no trabalho, na manhã do dia 24 de novembro de 2017, no bairro de Manaíra, em João Pessoa. Ele tinha 77 anos e era sócio de uma construtora.

Durante a operação, outros seis mandados de prisão foram cumpridos nos bairros do Bessa, Cruz das Armas, Valentina, Paratibe e Gramame, contra suspeitos de envolvimento no crime. Além disso, cinco mandados de buscas também foram cumpridos.

Em abril deste ano, um jovem foi preso no bairro de Paratibe, em João Pessoa, suspeito de matar o empresário. De acordo com o delegado Aldrovilli Grisi, o suspeito foi identificado por meio das imagens de câmeras de segurança que flagraram o crime. O jovem tem 24 anos e permanece preso.

Com G1/PB.

 

 

Adicionar comentário

É importante salientar que as opiniões expressas não representam a opinião do nosso portal nem de seus organizadores.


Código de segurança
Atualizar

Soluções em Informática!