Cícero Lucena descarta retorno à política e diz: ‘já cumpri minha missão’ » Avianca cancela quase 2 mil voos até o dia 28 » Projeção de expansão da economia cai pela oitava vez e vai para 1,71% » Comediante novato na política vence eleição presidencial na Ucrânia » Papa condena ataques no Sri Lanka como "atos terroristas" injustificáveis » Equipe econômica prepara privatização dos Correios » Príncipe Charles sucederá Elizabeth II como líder da Comunidade Britânica »


Empresas de SP liberam funcionários trocarem paletó e gravata por bermuda e camiseta

Empresas de SP liberam funcionários trocarem paletó e gravata por bermuda e camiseta por causa do calor

Em uma delas a ideia começou no passado e em outra o novo 'dress code' de verão começou semana passada.

O calor costuma incomodar mais quem precisa trabalhar em um ambiente mais formal, com terno e gravata, por exemplo. Mas o verão mais intenso, com recorde de temperatura mais alta em São Paulo, fez com que fosse liberado o uso de bermuda, camiseta, tanto para homens como para mulheres.

Um desses lugares é a bolsa brasileira, a B3, no Centro de São Paulo. Aquela imagem de funcionários vestidos com formalidade absoluta ficou para trás. Hoje é mais comum ver pessoas transitando pelos corredores e mesas com bermuda e camiseta. As mulheres usando regatas, vestidos mais arejados e deixando de lado os terninhos.

Resultado de imagem para Empresas de SP liberam funcionários trocarem paletó e gravata por bermuda e camiseta

"Hoje posso vir de vestido e tênis, calça jeans e tênis. Não aderi à bermuda porque eu acho que não fico bem em bermuda, mas resolvi aproveitar e pintar o cabelo, pois cabelo é tudo no verão", disse Nicole Barbosa de Miranda.

Para ela, roupa leve é sinônimo de disposição. "O calor é muito forte, a gente chega para trabalhar já desmaiando de calor. Agora a gente está alegre, bem mais motivado, a produtividade aumenta, estamos vindo trabalhar mais confortáveis. Para mim foi ótimo, estou muito feliz, agora posso mostrar as tatuagens, o cabelo roxo, só alegria", disse Nicole.

Clima de férias

"É uma sensação de liberdade, de que estou indo para um dia feliz, mais alegre e leve. Parece que estou de férias e estou indo para a empresa passar o dia", disse Raul Trineto, gerente de suporte comercial e negócios multinacionais da Metlife.

"Antes dessa liberdade no figurino ele trabalhava diariamente de terno de gravata. "Por estarmos sempre na rua, em visita a cliente vínhamos de camisa, terno, de maneira mais formal, agora eu venho de bermuda e camisa polo", disse Trineto.

Mesmo com a possibilidade mais descontraída, ambiente de trabalho não é o mesmo que praia, é preciso ter bom senso. "Tive de incluir no guarda-roupas umas bermudas mais alinhadas para vir trabalhar, não dá para vir de bermuda mais florida, bermuda de praia", brincou o gerente.

 

Adicionar comentário

É importante salientar que as opiniões expressas não representam a opinião do nosso portal nem de seus organizadores.


Código de segurança
Atualizar

Soluções em Informática!