Cícero Lucena descarta retorno à política e diz: ‘já cumpri minha missão’ » Avianca cancela quase 2 mil voos até o dia 28 » Projeção de expansão da economia cai pela oitava vez e vai para 1,71% » Comediante novato na política vence eleição presidencial na Ucrânia » Papa condena ataques no Sri Lanka como "atos terroristas" injustificáveis » Equipe econômica prepara privatização dos Correios » Príncipe Charles sucederá Elizabeth II como líder da Comunidade Britânica »


Na Assembleis, Galdino promete cortar ponto

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino (PSB), anunciou hoje que deve a Mesa Diretora da Casa vai cortar o ponto dos deputados faltosos a partir da próxima semana. Segundo Adriano, serão enquadrados aqueles que não estiverem presentes nas votações do legislativo estadual. A decisão foi tomada após uma reunião com os líderes da Casa, deputados Raniery Paulino (MDB), da oposição, Ricardo Barbosa (PSB), do governo, e Wilson Filho (PTB), da maioria.

Ontem, Jeová Campos (PSB), João Gonçalves (PODEMOS) e Wilson Filho (PTB) criticaram a falta de quórum para votação de matérias na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB). Os parlamentares protestaram porque, nesta terça-feira, 2, a Ordem do Dia não pôde ser votada porque, embora o painel registrasse a presença de 27 deputados na Casa, apenas 17 foram contabilizados em plenário, quando o necessário seria o número de 19 deputados para dar andamento aos trabalhos legislativos.

O deputado Jeová Campos (PSB), indignado com a situação, chegou, inclusive, a sugerir ao presidente da Casa, o deputado Adriano Galdino, que “cortasse o ponto” dos faltosos que não registrarem justificativa pela sua ausência em plenário. “Aqueles que não estão aqui e não justificaram suas faltas e não estão em missões legislativas fora da Casa, devem sim ter seus pontos cortados porque não há motivo para isso. Nós somos muito bem remunerados e temos a obrigação de estar aqui trabalhando, participar para que a ALPB funcione como deve funcionar e dê a respostas que a sociedade precisa”, disse Jeová.Resultado de imagem para adriano galdino

O parlamentar lembrou que, na semana passada, ele mesmo precisou que o plenário deliberasse a respeito de um requerimento de realização de uma audiência pública e isso não aconteceu pela falta de quórum para votação de matérias. “Por falta desta apreciação, o meu requerimento não foi votado e como já estava agendada a audiência, eu não tive como realizá-la pela Casa, o fiz pelo meu gabinete”, destacou Jeová.

“Isso não pode continuar acontecendo. Os deputados precisam mostrar à Paraíba que eles estão sendo produtivos”, reiterou o parlamentar, fazendo um apelo ao residente da casa, Adriano Galdino que presida as sessões da Casa e, se for o caso, use a prerrogativa do cargo, para cortar o ponto dos faltosos. Wilson Filho e João Gonçalves, este último que afirmou até ter ido registrar sua presença, inclusive, doente, fizeram falas no mesmo sentido de Jeová.

 

Adicionar comentário

É importante salientar que as opiniões expressas não representam a opinião do nosso portal nem de seus organizadores.


Código de segurança
Atualizar

Soluções em Informática!