Incêndio em fábrica de palitos de fósforo deixa ao menos 30 mortos na Indonésia » Julian Lemos responde críticas de Daniella Ribeiro a ato polêmico de Bolsonaro na Marcha Para Jesus » Bolsonaro diz que quer usar 'pelotão de drones' na linha de frente de operações policiais » Sudema classifica 14 praias como impróprias para banho neste feriadão » Motociclista é atingido por queda de árvore na Avenida João Machado, na Capital » Católicos montam tapetes para celebrações de Corpus Christi em JP » ‘Vocês em breve descobrirão’, diz Trump ao ser questionado se EUA atacarão Irã »


“Não me arrependi porque não sabia”, diz Lula sobre proteção a Battisti

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse, em sua primeira entrevista na cadeia, que não se arrepende de ter autorizado a permanência do italiano Cesare Battisti no Brasil.

Recentemente, o ex-membro do grupo terrorista Proletários Armados pelo Comunismo (PAC) admitiu participação nos quatro assassinatos pelos quais foi condenado à prisão perpétua, após ter passado quatro décadas alegando inocência.

“Não me arrependi, porque não sabia. Eu recebi informações através do Ministério da Justiça, que conhecia o processo, que ele não tinha crimes. Aí o Tarso [Genro, então ministro da Justiça] tomou a decisão. Agora, se depois disso ele assumiu o que fez, eu lamento profundamente”, disse Lula aos jornais El País e Folha de S. Paulo.

Resultado de imagem para lula e battisti

Em seguida, no entanto, o ex-presidente lançou dúvidas sobre o modus operandi da Justiça italiana. “Também não sei as condições em que ele confessou… Uma porradinha aqui, outra ali, um choquinho aqui… Aí o cara termina falando coisa que não fez…”, acrescentou.

 

Adicionar comentário

É importante salientar que as opiniões expressas não representam a opinião do nosso portal nem de seus organizadores.


Código de segurança
Atualizar

Soluções em Informática!