PT gasta R$ 1,5 milhão com advogados de defesa de Lula, diz jornal » China anuncia retaliação e vai impor sobretaxa a mais de 5 mil produtos » Justiça eleitoral concede direito de resposta a Bolsonaro » “É lamentável ver a mudança de discurso do deputado federal Veneziano", diz Daniella Ribeiro » José Maranhão e João Azevedo estão tecnicamente empatados no segundo turno » Fugitivos do presídio do PB1 são incluídos na lista da Interpol pela Polícia Federal » Senac inscreve para 2,8 mil vagas em cursos em quatro cidades da Paraíba »


Decisões de Lula facilitam desvio de dinheiro público a entidades fantasmas

Lula abrandou exigências para enviar verbas federais a entidades privadas

Alegando redução da burocracia nas parcerias entre governo e sociedade, presidente eliminou da LDO de 2010 e 2011 necessidade de declaração do Fisco que comprovasse o funcionamento de institutos que quisessem receber recursos

BRASÍLIA - O desvio de dinheiro público por meio de entidades...

 

TRE-SP faz recontagem e deputada do PMDB ganha vaga na Assembleia

O TRE (Tribunal Regional Eleitoral) de São Paulo recontou os votos dos deputados estaduais para incluir a votação da deputada Vanessa Damo (PMDB).

A recontagem tirou a vaga de Geraldo Vinholi (PSDB), que será o primeiro suplente do partido na Assembleia. Ele recebeu 62.580 votos.

Com 93.122 votos, Damo teve o seu registro negado pelo TRE-SP por problema na apresentação de documentos.

No entanto, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) aceitou em 27 de outubro o...

 

Dilma ressuscita ideia de indicar Ciro Gomes para primeiro escalão

Em conversa com o presidente do PSB, Eduardo Campos, que entrou pela madrugada de ontem, a presidente eleita, Dilma Rousseff, ressuscitou a ideia de levar o deputado Ciro Gomes (PSB-CE) para o primeiro escalão na cota do PSB.

A ideia da presidente Dilma é que Ciro voltaria para a Integração Nacional e Fernando Bezerra, que Campos havia escolhido para essa pasta, assumiria a Secretaria de Portos.

Caso Ciro recusasse a...

 

Segundo Padilha, carta com sua assinatura é 'fraude' forjada na internet

O ministro Alexandre Padilha (Relações Institucionais) negou nesta sexta-feira (10) ter assinado ofício utilizado pelo Inbrasil (Instituto de Arte, Esporte, Cultura e Lazer) para conseguir a liberação de mais de R$ 3 milhões do Ministério do Turismo.

A entidade, que seria fantasma, teria negociado para intermediar convênios sem licitação com o governo federal. A verba seria aplicada na

 
Mais Artigos...

Soluções em Informática!