Juíza bloqueia bens de Cabral, Pezão, Picciani e outros por improbidade » Witzel: investigação diz que deputada sofreu tentativa de latrocínio » Macri: viagem ao Brasil é começo de salto para a frente no Mercosul » Presidente do Peru nega vínculos de sua empresa com Odebrecht » Ford espera prejuízo de US$ 112 milhões no 4º trimestre » EUA e Canadá prometem processo 'imparcial' para executiva chinesaOs Estados Unidos e o Canadá promet » Centro de Zoonoses alerta população sobre riscos de picadas de insetos no verão »


Egito restringe nado no mar Vermelho após ataques de tubarão

O Egito vetou o acesso de turistas à maior parte dos 55 quilômetros de costa do mar Vermelho, no famoso resort de Sharm El-Sheikh, depois de uma série de ataques de tubarão na semana passada que deixou um morto e quatro feridos.

As autoridades pediram para os mergulhadores iniciantes que fossem a Dahab, cerca de 80 km ao norte de Sharm.

As águas do resort foram reabertas apenas para os mergulhadores mais

Última atualização (Ter, 07 de Dezembro de 2010 19:32)

 

Rabinos israelenses pedem que judeus não vendam imóveis a árabes

 

Dezenas de rabinos israelenses, alguns deles funcionários públicos, divulgaram um apelo nesta terça-feira pedindo que os cidadãos locais não vendam nem aluguem seus imóveis para não-judeus. A carta aberta foi criticada por parlamentares e por ativistas de direitos humanos.

O texto ressalta que as tensões entre judeus e árabes aumentaram com o impasse no conflito entre...

Última atualização (Ter, 07 de Dezembro de 2010 19:41)

 

Governo de Chávez assume 20% das ações de TV opositora na Venezuela

CARACAS - O governo da Venezuela assumiu o controle na segunda-feira, 6, de uma quinta parte do total das ações da Globovisión, emissora de TV que faz oposição ao presidente Hugo Chávez, informou a agência estatal de notícias.

Autoridades do setor bancário começaram a liquidar uma empresa que detinha 20% das ações do canal de notícias, segundo a Gaceta Oficial. De acordo com a agência de notícias...

 

Fundador do WikiLeaks se entrega e é preso em Londres

Julian Assange é procurado por estupro na Suécia

LONDRES - O fundador do site WikiLeaks, Julian Assange, foi preso nesta terça-feira, 7, informou a polícia metropolitana de Londres. A detenção foi realizada com base em uma ordem de prisão emitida na Suécia, onde o australiano é acusado de estupro.

Um representante legal de Assange havia dito na segunda-feira que ele e seu cliente estavam em negociações...

 
Mais Artigos...

Soluções em Informática!