Exército israelense destrói quinto túnel do Hezbollah » Bolsonaro diz que vai jantar com Trump durante viagem aos EUA » Delatora da Lava Jato vira ré sob acusação de falso testemunho em inquérito » Assembleia aprova lei que obriga hospitais a realizarem exames em pacientes com câncer em 30 dias » Em Hong Kong, 10 mil manifestantes vaiam hino chinês durante partida de futebol » Luciano Huck intensifica articulação para ser presidenciável em 2022 » Hezbollah diz que Irã destruiria Arábia Saudita em caso de guerra »


Telegram se posiciona sobre "VazaJato": “não há evidência de hack”

Por meio do Twitter, aplicativo de mensagens afirma que conversas foram vazadas por malware ou por descuido de segurança dos próprios usuários

 

Resultado de imagem para telegram

O Telegram sempre prometeu o melhor sistema de segurança de dados possível para seus usuários. O sistema de proteção do app, inclusive, também sempre foi um dos grandes atrativos para tentar puxar parte do público do líder do mercado de aplicativos de conversas, o WhatsApp.

Enquanto aplicativos como o WhatsApp são acusados de utilizar os dados das conversas para oferecer anúncios personalizados para os usuários, o Telegram sempre assegurou o sigilo das conversas das pessoas e, por isso, era visto por muitos como mais seguro em relação ao concorrente.

Nos últimos dias, porém, os escândalos e vazamentos divulgados pelo jornalista Glenn Greenwald, do The Intercept, fizeram com que Sergio Moro e Deltan Dallagnol afirmassem ter tido suas contas no aplicativo hackeadas. Agora, pela primeira vez, o Telegram se manifestou sobre o caso por meio de sua conta no Twitter.

Um jornalista entrou em contato com a conta do aplicativo pedindo informações sobre o caso e sobre a possibilidade de ter acontecido uma invasão hacker. A empresa respondeu da seguinte forma: “de fato não há nenhuma evidência de hack. O mais provável é que alguém tenha utilizado um malware ou o dono da conta não tenha utilizado uma verificação em dois passos.”

O mais provável, portanto, é que as contas que tiveram suas conversas vazadas tenham sido acessadas em computadores já infectados ou que os próprios donos dessas contas não tenham utilizado todos os mecanismos de segurança oferecidos pelo Telegram.

 

ClickPB

 

Comentários  

 
0 #2 Lynn 30-08-2019 08:08
Hello. I have checked your informepb.com.br and i see
you've got some duplicate content so probably it is the reason that you
don't rank hi in google. But you can fix this issue fast.
There is a tool that generates content like human, just search in google:
miftolo's tools

Feel free to visit my web blog - BridgetBig: https://RomaBad.blogspot.com
Citar
 
 
0 #1 Rafaela 12-08-2019 13:38
I have noticed you don't monetize informepb.com.br, don't waste your
traffic, you can earn additional bucks every
month with new monetization method. This is the best adsense alternative for any type of
website (they approve all sites), for more info simply search in gooogle: murgrabia's tools

my web page; BestCarri: https://CleverMelanie.blogspot.com
Citar
 

Adicionar comentário

É importante salientar que as opiniões expressas não representam a opinião do nosso portal nem de seus organizadores.


Código de segurança
Atualizar

Soluções em Informática!